www.CoberturaWiki.net

CoberturaWiki :: Gênero e o software livre

Feed RSS
rev 2  -  17 Apr 2006  -  AurelioAHeckert?
Publique
Posts Imaturos:
"Por que meninos ganham vídeo games e meninas ganham bonecas?" A provocação foi feita por Goa e Toya Mileno durante o evento paralelo "Aspectos de Gênero", realizado no dia 6 de dezembro, segundo dia do LACFREE 2005, em Pernambuco. Elas apresentaram o Servidor das Mulheres, justificando sua criação dizendo que as mulheres deveriam ter mais representação no desenvolvimento do software livre.

A idéia do Servidor das Mulheres foi criada no âmbito do Centro de Mídia Independente, ao verificarem que na equipe de desenvolvimento de softwares haviam mais homens do que mulheres. "Se a gente quer mulheres trabalhando em software livre, então a gente teria que juntar as mulheres com vontade de trabalhar no desenvolvimento de softwares livres", disse Toya. Daí surgiu a idéia de montar uma máquina para funcionar como servidor rodando em Linux. A partir de uma lista de discussão, mulheres de todo o país se reuniram e foram identificando todas as barrreiras enfrentadas por mulheres que atuam na área tecnológica.

A idéia do projeto é democratizar todo tipo de conhecimento entre as(os) participantes. "Um aspecto interessante é que todas as meninas do projeto não possuem formação específica na área tecnológica, mas querem usar essa tecnologia para o desenvolvimento de suas ações profissionais", disse Goa. A lista de discussão abre espaço para debater os mais diversos temas, como por exemplo, a questão do conhecimento da mulher sobre seu próprio corpo e o software livre. "Se a mulher não se sente livre para abrir as pernas e ver o que tem entre elas, como poderá se sentir livre para abrir uma CPU?", questiona Toya.

A cultura é uma das respostas para o comportamento tímido da maioria das mulheres diantes das máquinas. Toya lembra que o projeto está desenvolvendo uma série de materiais relacionados à liberdade, tecnologia e sexualidade. Ela exemplificou isso com uma história caseira. Toya fazia um curso técnico de processamento de dados e a casa tinha um computador. Porém, ela não podia usar o equipamento porque ela, mulher, não tinha acesso. Ela achou inútil continuar no curso pois tinha que escrever os códigos de programação no caderno ao invés de fazê-lo no computador de casa, tinha que usar o computador do curso. Desistiu das aulas e preferiu escolher seu próprio caminho, aprendendo sozinha. É um problema de gênero que temos que começar a resolver agora", finalizou Goa.

Informações: http://mulheres.softwarelivre.org
ou e-mail: ps-mulheres@lists.riseup.net

Viviane Gomes e Joyce Lopes, do Ponto de Cultura "De Antena Ligada"/C.A.I.S do Parto

CoberturaForm edit

Evento LacFree 2005
Título Gênero e o software livre
Autores Viviane Gomes e Joyce Lopes
Maturidade Maduro
Editar Anexar Versões
Creative Commons License
A CoberturaWiki é licenciada sob a
Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 License.