Festa de Mercè

Homenagem a Padroeira de Barcelona

Merce1.jpg Merce_gegants.jpg Merce_sardana.jpg

No mês de agôsto e setembro aconteceram muitas festas populares em toda Catalunya. Acompanhei neste verão, desde Barcelona, algumas delas. A festa de bairro mais importante foi a Festa Major de Grácia, que casualmente é o distrito onde vivemos em Barcelona. Ruas decoradas, músicas, e sempre antes de começar a noite uma janta de vizinhos em mesas cumpridas espalhadas pela rua. Depois fui na Festa Major da Saúde, do bairro Gótico e na Festa Major de Vallcarca (nosso bairro). Cada festa com características próprias e com perfil de público distinto organizadas por associaçoes de vizinhos (cada uma organiza o seu pedaço do bairro).

Mas a Festa Major de Barcelona é a "Festa de la Mercè", uma festa popular em homenagem a padroeira de Barcelona, que aconteceu entre o dia 22 a 25 de setembro. A dois anos atrás (2004) eu estive nesta festa, a convite da Prefeitura de Barcelona, para o lançamento do projeto de software livre do governo municipal. Aqui um vídeo reportagem que saiu na TV 3 na época (para quem tem curiosidade de ouvir o catalá). [Desculpem pelo formato do vídeo proprietário]

Fala a lenda que na noite de 24 de septembro de 1218, a Virgem apareceu simultaneamente ao rei Jaime I, a San Pedro Nolasco e a San Ramón de Peñafort. Aos três pediu que criassem uma ordem de monjes dedicados a salvar aos cristianos encarcerados pelos sarracenos. Eram tempos de guerra religiosa. Séculos mais tarde, em 1687, Barcelona sofreu uma praga da lagosta, e se colocou tudo nas mãos da Virgen de la Mercè. Acabada a praga, o Consejo de la Ciudad a nomeou patrona de Barcelona. A virgem de la mercè foi declarada patrona de Barcelona em 1868 pelo Papa Pio IX (2 séculos mais tarde que a nomeação pelos moradores de Barcelona). La mercè tomou imortância em 1902, quando começaram a celebrar a festa no mês de setembro. A origem desta festa e a programação completa podem ser vista aqui.

Hoje a festa tem colaboração de diversas entidades de toda a cidade e ocupa uma grande parte dos espaços públicos (praças, parques, ruas, praia, etc.), com a programação centrada na cultura mediterrânea. Foram mais de 800 atividades concentradas em quatro dias.

Nestes dias participamos de algumas das atividades. Na primeira noite (sexta-feira) na Plaça Sant Jaume assistimos a "Passejada de dracs i béstias de foc", neste desfile cada dragão ou besta vem acompanhado por uma banda de música e vários seguidores (foto 1). Logo depois iniciou "Pas de la xambanga de gegats" (foto 2), um desfile de bonecos gigantes como os de Olinda (que recentemente estiveram visitando o parque da Redenção em Porto Alegre), esse desfile também é seguido por muita música e animação, é um clima de carnaval com pessoas mais duronas e sem jogo de cintura, com muito confetes....todos os bonecos desfilam em casal, pois no dia 24 teve o baile dos bonecos gigantes, onde cada gigante baila com seu respectivo casal. Paralelo a isso tudo haviam diversas outras atividades, como shows de jazz, rumba, show de fogos na praia, exposição de artesanatos, circo, etc.

Sábado estava chovendo muito, então a festa foi na nossa casa, queijos e vinhos e música brasileira. Teria apresentação da banda "Ojos de Brujos", mas foi cancelada pela chuva.

Domingo foi um dia cheio de atividades...chegamos na frente da catedral ao meio dia, tinha uma apresentação de "sardana", uma dança estilo ciranda, pessoas de todas as idades dançavam (foto 3 e 4). Neste mesmo momento uma multidão caminhava para a Plaça Sant Jaume para assistir a apresentação "Matí (manhã) Casteller", vários grupos apresentavam castelos humanos, onde em cima do castelo vai uma criança bem pequeninha, ficam todos assistindo muito nervosos, um dos castelos desmoronou, ficamos muito tensos. Mesmo que sejam raros os acidentes graves nestes muito anos de les castells, neste ano antes do inicio das festas, uma criança despencou de cima do castelo humano e veio a falecer. As fotos 5 e 6 mostram os castelos, observem no grupo de blusa verde dá para ver uma criancinha bem pequeninha escalando todos, ai que medo!

Depois de toda essa tensão e emoção com les castells fomos para o bairro Raval, um bairro mais undergroud, onde vivem muitos imigrantes, lá almoçamos e bebemos umas cervejas...depois da merecida ciesta em casa voltamos para este mesmo bairro, onde tinha diversos shows...todos dançavam muito ao som de uma banda da Noruega.

Bom, isso foi um pouco a nossa festa de la Mercè...na segunda-feira, mais um feriado aqui, passamos um dia de sol tranquilo na praia, recuperando as energias, pois na terça eu volto ao trabalho e a Renata inicia o seu mestrado, vida nova!!!!

copyleft : este texto é originalmente da Renata e eu fiz uma adaptaçao pro meu blog.

Merce_sardanaidoso.jpg Merce_castellers.jpg Merce_castellers2.jpg

Tags:
create new tag

Warning
Can't INCLUDE '', path is empty or contains illegal characters.